About Me

Encontrado o maior diamante do mundo dos últimos cem anos no Botswana

O diamante tem aproximadamente o tamanho de uma bola de ténis: 6,5 cm de altura, 5,6 cm de largura e 4 cm de comprimento. A descoberta foi feita na mina de Karowe, localizada no país africano.
“A importância da descoberta de uma pedra preciosa superior a mil quilates, a maior em mais de um século, não é exagerada”, refere em comunicado o presidente da Lucara, William Lamb, considerando que se trata de algo histórico.
Conforme é dito no comunicado, este é “o maior diamante recuperado através de instalações de processamento moderno”, com a utilização de máquinas LDR-XRT (Large Diamond Recovery). A mesma máquina recolheu esta quinta-feira mais dois diamantes de grandes dimensões, um de 913 quilates – correspondente ao sexto maior diamante do mundo –  e outro de 374 quilates. “Tem sido uma excelente semana para a Lucara”, conclui William Lamb.
Ainda não se consegue estimar o valor do diamante por depender de uma avaliação, ainda não efectuada, de factores como o brilho, a cor e as suas características de corte e polimento.
O maior diamante encontrado até hoje é o Cullinan, descoberto na África do Sul em 1905. Pesava 3106 quilates mas foi cortado em várias pedras que agora fazem parte das jóias da coroa britânica.
A Lucara Diamonds vendeu um diamante de tipo-IIa de 341,9 quilates em Julho deste ano por 20,6 milhões de dólares (19,2 milhões de euros).
“O comprador final será provavelmente um coleccionador de diamantes ultra valiosos”, disse Martin Potts, analista da indústria mineira da FinnCap. “Haverá um grande prestígio em ter o maior diamante que não faça parte de uma colecção real”, concluiu.
As acções da Lucara Diamonds reagiram em forte alta a esta descoberta, seguindo com uma valorização de 34,78% para 2,17 dólares canadianos.
Share on Google Plus

0 comentários: